I loved Brazil before it was cool

Esse é um post de recalque.

Há anos eu tenho que ouvir pessoas dizendo que o ‘braziu’ é uma merda, que nada aqui presta, que eles querem fugir para a Europa ou para os Estados Unidos. E agora preciso ver essas mesmas pessoas na rua, cantando ‘eu sou brasileiro com muito orgulho, com muito amor’ em nome de uma causa.

E de que causa? Okay, todo mundo sabe que não é só por vinte centavos. Mas por que é que é mesmo?

Eu não sei, e isso me perturba. O que essas pessoas que estão na rua querem?

Eles se vangloriam na mídia de serem um movimento sem líder, mas também é um movimento sem representação. Vi que o Alckmin tinha falado de receber um pequeno grupo de protestantes para negociar com eles… Quem seria esse grupo, céus?

Me parece que virou pretexto pra galera ir pra rua. Sei lá, parada gay para héteros, carnaval pra rockeiros. Um ópio para o povo em abstinência de participação.

Que não vire uma overdose.

Galera usando de um protesto sem rumo pra se promover. Nunca vi tantos perfis fakes com a máscara do Fawkes. Nunca vi tanta gente falar de política (até que isso seria uma coisa boa, se essas pessoas soubessem o que é política). Nunca vi tanta gente querer dar uma de intelectual. Nunca vi tanta gente condenando pessoas por fazerem o seu trabalho, como jornalistas e policiais. Nunca vi tanta gente escrota e aproveitadora. Nunca vi tanta gente tão vazia.

Tinha me animado essa semana com esses protestos… Mas agora dá pra ver que é só mais uma forma que o pessoal tá encontrando de aparecer e fingir que entende alguma coisa.

Anúncios

2 pensamentos sobre “I loved Brazil before it was cool

  1. Aí eu respondo: whatever.
    Não estou indo para os protestos porque trabalho em comércio. Mas venho acompanhando e, mesmo que seja um bando de gente que já quis morar no exterior e sempre achou isso aqui uma merda – porque, quase sempre, foi uma merda mesmo (e quem nunca sonhou em morar fora que atire a primeira pedra), finalmente essas mesmas pessoas “acordaram” para a nossa situação e, querendo aparecer ou não, estão lá, fazendo a parte delas.
    O que é melhor, do que reclamar no twitter e dizer que a manifestação é hipster e, “com licença, vou ler a Veja online agora”.
    Só acho.
    Abraços.

    • Nina, por isso que falei que era um post de recalque. Também não estou podendo ir nas manifestações, e estou um pouquinho irritada com isso. Queria estar lá, colocando juízo na cabeça das pessoas que só querem tirar foto pro instagram. Me irrito também com a hipocrisia, mas eu não vou ser hipócrita dizendo que eu não sou hipócrita. É, mais ou menos isso.
      Abraços também. :)

Não me siga, eu também estou perdida.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s