Horários de solidão

Literalmente, falo da hora.

São 5:30 da tarde aqui em Canberra, o que significa que são 4:30 da manhã no Brasil. O que me deixa agoniada.

Até as 3h da manhã dá para se encontrar algumas pessoas avulsas on line, mas depois das 4h, esse número vira zero. Literalmente. E só passa a ter vida de novo depois das 7h, ou 8h da noite aqui (e eu tenho ido dormir lá pelas 10h).

Odeio esse horário. Do fundo, do âmago do meu ser. Me sinto ansiosa, enjoada, com vontade de vomitar e, acima de tudo, solitária. Encontrei uma maneira de assistir televisão brasileira nesse horário, mas o barulho da televisão só substitui companhia até um certo momento. Na verdade, não substitui.

Eu sempre zoo por aí, dizendo que eu não gosto muito de abraços, mas faz quase um mês que eu não abraço ninguém (e se considerar que nesse mês teve o meu aniversário, eu tô com um saldo mais que negativo). Tô começando a sentir a crise de abstinência. Muita vontade de encontrar um estranho na rua e pedir um abraço.

Mas na verdade eu quero um abraço daquela pessoa em particular, que tem aquele cheiro que eu sinto falta e que ficaria mexendo no meu cabelo enquanto eu choro por estar com tanta saudade.

Ah, feliz dia dos pais atrasado.

Anúncios

Um pensamento sobre “Horários de solidão

  1. Eu sempre penso que Tom Jobim era quem tinha razão, ao musicar a frase “é impossível ser feliz sozinho”. Também sou adepta da solidão. Prefiro livros a pessoas. Mas, caindo na real, eu não conseguiria viver completamente isolada.
    Abraços. Espero que encontre companhia.

Não me siga, eu também estou perdida.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s